O que a filosofia pode fazer pelo Brasil

Como a disciplina pode preparar jovens para dominarem os conhecimentos necessários ao exercício de ações políticas e sociais

Por Eduardo Emmerick | Foto: Shutterstock | Adaptação web Isis Fonseca

O que a filosofia pode fazer pelo Brasil

O projeto pedagógico requer posicionamento consciente sobre “ensinar e aprender atitudes”, sendo necessária a prática constante, coerente e sistemática. Os conteúdos atitudinais devem estar no mesmo nível dos conceituais e dos procedimentais.

No entanto, reconhece o MEC, a aprendizagem de atitudes tem sido pouco explorada do ponto de vista pedagógico. A filosofia na Escola pode ensejar aos
jovens espaço privilegiado para a construção de atitudes qualificadas para o exercício da cidadania e o aprimoramento como pessoa humana.

Para tanto, deve incluir o desenvolvimento da autonomia intelectual, a formação ética, o pensamento crítico, os valores fundamentais, o interesse social, os deveres e direitos dos cidadãos, o respeito pelo bem comum e a ordem democrática.

A filosofia diz respeito à vida das pessoas e sua função é prática: ensejar aprendizagens de atitudes positivas quanto a si e aos outros, de forma a contribuir, com competência, para o bem geral.

Vivemos em uma sociedade constituída sob a forma empresarial. As vivências sociais são feitas hoje em ambientes criados e mantidos por empresas. Nosso percurso existencial é vinculado a empresas. Nascemos, estudamos, trabalhamos, nos divertimos em empresas. E a filosofia pode ajudar em cada um desses processos.

Mas, de que forma a filosofia pode ajudar o Brasil? A Revista Filosofia Ciência e Vida Ed. 129 trouxe uma análise profunda sobre o assunto, garanta já a sua!

<